Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


     E para completar a semana cultura que parece que tive, e que trouxe também aqui para o blog, nada melhor do que vos falar do Disney In Concert. Sou uma mega fã da Disney, por isso juntei-me aos amigos com quem viajei até à Disneyland e rumámos ao concerto. E o que é melhor do que músicas da Disney? Músicas da Disney, tocadas ao vivo por uma orquestra e cantadas por quatro vozes maravilhosas, enquanto as imagens dos filmes vão passando no ecrã de fundo. Adorei, adorei, adorei! Cantei do início ao fim e dancei o mais que pude na minha cadeira. Acho sinceramente que as pessoas que estavam atrás de mim devem ter achado que eu tinha um qualquer problema, uma vez que vivi tudo aquilo com uma emoção desmesurada. Se são fanáticos da Disney como eu, ainda não foram ver e conseguirem ir até Guimarães no dia 18 (a última data do cartaz) recomendo-vos muitíssimo que vão. Se para o ano houver outra vez, contem comigo!

disney in concert cartaz 2016.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 12:11

Filho da Treta

08.12.16

     Lembro-te de ser pequena e ver o meu pai a rir a bandeiras despregadas enquanto via na televisão dois homens mal vestidos sentados a conversar na frente de um fundo escuro. Uns tempos mais tardes comecei a ver também e adorar a Conversa da Treta. Víamos o DVD que entretanto comprámos vezes sem conta, repetíamos (e repetimos ainda hoje) muitas das piadas, fomos vê-los duas vezes ao teatro e até ao cinema. E eram sempre hilariantes. Com a morte do António Feio achámos que a treta tinha morrido também, mas para nosso espanto, há uns meses ouvimos que ia estrear uma nova peça, desta feita com um novo actor que representaria o filho da personagem do António Feio. Soubémos logo que tínhamos que ir ver. Íamos um bocadinho na defensiva, afinal de contas a dupla José Pedro Gomes e António Feio era imbatível. No entanto foi uma agradável supresa e tenho a dizer que foi muito bom. Obviamente não é a mesma coisa, mas está muuuuuito perto. Ri-me imenso do princípio ao fim e sai de lá com o bichinho da treta satisfeito. O espírito é o mesmo, a personagem do Zé Pedro também (sempre foi a minha preferida) e o humor é igualmente bom. O António Machado é uma boa adição. 

    Se eram fãs da Conversa da Treta, vejam o Filho da Treta, vão gostar de certeza. Se não conheciam, vão na mesma, porque é uma hora e qualquer coisa de puro riso! 

filho da treta.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Publicado às 09:16

reynaldo gianecchini.jpg

Reynaldo Gianecchini

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 08:44

Fantastic-Beasts-and-Where-to-Find-Them-niffler.jp

   O primeiro filme da saga Harry Potter estreou tinha eu acabado de fazer dez anos. Os primeiros filmes acompanharam a minha adolescência e fui acompanhando a coisa à medida que ia crescendo (eu e a dimensão da saga). Via-os e até gostava bastante, mas nunca fui uma fanática. Tanto que tinha os primeiros cinco livros e só consegui terminar o terceiro e só me actualizei nos últimos três filmes alguns anos depois terem saído.

     Durante o ano passado foi anunciado que a J.K. Rowling estava novamente em acção e a preparar uma nova saga, também no mundo dos feiticeiros, mas que pouco se relacionava com o Harry Potter. Passava-se nos Anos 20, em Nova Iorque (ouvi isto e fiquei logo de orelhas no ar). Uns meses mais tarde ouvi o anúncio de que o protagonista era o Eddie Redmayne e fiquei logo vendida, ou não fosse ele uma das minhas paixões. Os trailers começaram a sair e eu sabia que tinha que ir ver o filme ao cinema. Mas estava difícil. Parecia que o universo se estava a unir contra a mim e cada vez que tentava planear uma ida ao cinema algo surgia e os planos iam por água abaixo. Até que este fim-de-semana decidi que ia ao cinema e pronto, nem que tivesse que ir sozinha. E fui, mas acabei por ter companhia da minha amiga M. 

    Ora isto tudo para dizer o quê? Que adorei o filme! Gostei imenso da história. A fotografia e o guarda-roupa são maravilhosos e os efeitos especiais (na minha opinião de mera espectadora que não percebe nada do assunto) estão muitíssimo bem conseguidos. As criaturas fantásticas são na sua maioria adoráveis e saí de lá com vontade de trazê-las todas para casa. E o Eddie? Ai o Eddie senhores! Acho que posso dizer que gostei mais deste filme do que dos Harry Potter! Por isso, se ainda não o viram vejam que vale a pena. A mim resta-me esperar pelo próximo!

fantastic-beasts-and-where-to-find-them-eddie-redm

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Publicado às 11:50

anne hathaway glamour magazine uk.jpg

     Acho que estes próximos dias vão ser pautados por sentimentos mistos. Por um lado, no início da semana vou subir (espero eu!) mais um degrau nesta espécie de escada que é a vida. Tem estado a ser um parto difícil, mas se tudo correr bem (façam figas por mim) está quase no fim. No entanto, o fim-de-semana, sobretudo sábado, vai ser marcado por encontros quem nem sei bem como descrever. Talvez... esperados, temidos e curiosos. A ver vamos como correm estes próximos dias. Aconteça o que acontecer provavelmente vou partilhar, porque aposto que vou ter muito a dizer. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 21:18

Pág. 2/2



Sobre Mim

foto do autor


25 anos
(quase) Veterinária
Este é o meu diário online que me acompanha desde 2011.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D