Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


     Não é por estar solteira, nem por não ser romântica (que até sou bastante). Não é por achar que não deve haver um dia para celebrar o amor, porque nem é esse o caso. O Dia dos Namorados incomoda-me pela forma como é vivido. Para celebrar o amor é preciso comprar-lhe uma prenda? É preciso que seja tudo vivido em cinquenta tons de rosa? É preciso que tudo tenha corações e rosas vermelhas? O que me chateia no dia dos namorados é essa formatação que existe, em que parece que a carneirada tem toda que fazer a mesma coisa. É jantares, é presentes, é cor-de-rosa que nunca mais acaba e corações a perder de vista! Acho que podemos, e devemos, celebrar o amor, sobretudo num mundo cheio de ódio e negatividade. Mas por favor, celebrar o amor não é enveredar num ciclo consumista. Se é para celebrar o amor, que seja mesmo do coração! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 15:59



Sobre Mim

foto do autor


25 anos
(quase) Veterinária
Este é o meu diário online que me acompanha desde 2011.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D